Brincadeira também é Arte


Na semana passada descobri mais uma coisa sobre a arte. Ela pode ser uma brincadeira, que por sinal, muito requintada. Está acontecendo no Museu de Arte de São Paulo, o MASP, uma exposição de Vik Muniz. Ele aplica várias técnicas em suas obras e torna coisas simples em peças divertidas, curiosas, lindas e sofisticadas. Quem sabe algum dia virá para o Espírito Santo.

*A imagem acima é uma das 131 obras dee Vik expostas no MASP. Monalisa desenhada com geléia e pasta de amendoim, trabalho de Vik Muniz que o Masp exibe na mostra "Vik", retrospectiva do artista brasileiro radicado em Nova York.

2 comentários:

LG disse...

meu sonho é comer a pasta de amendoin la nos states ... e esse aí fica gastando desenhando Mona ... eu mereço ...

caixadevinis disse...

Asheidigno o post. Vik Muniz é um dos melhores artistas da nova geração brasileira e as séries Earthworks e Junkies People que tem uma temática parecida são digna de nota.

É provável que os trabalhos de Vik pintem no Museu de Arte Contemporânea Vale do Rio Doce. O espaço se tornou uma referência nacional nessa estética. No MAES também, depois das mostras de Camile Claudel e Andy Wahrol.

Veja também: Gustavo Speridião, Felipe Barbosa, Mariana Palma, Rodrigo Braga e Tony Camargo.

Postar um comentário