Doces Horas em Senhoras Dores

É em teus olhos que eu me vejo
No teu sorriso me acalmo
Em teus braços me largo
E faço repouso em teu seio

Enquanto nada me vem à cabeça
Eu posso ouvir o seu respirar
E no sublime me encontrar
Unido a um corpo que me aqueça

Em teu sussurro reajo em graça
Em tua voz me perco em paixão
Nas horas doces, tudo passa

Meu cabelo é caminho para a sua mão
Teu carinho é o que a faz se mover
E se move de manso até o meu coração


4 comentários:

Isa disse...

Que lindo.
Mais bonito seria para o destinatário.

Tô tão "Deus, preciso de você urgentemente" nesse momento que lembrei de Deus. Tirando a última estrofe. :)

:*

victorhugo disse...

nao conhecia seu blog,
mt bacana!

LuanaGuimarães disse...

ui.

Juliana Lira disse...

Oi

Belo poema! Nos ver nos olhos de quem amamos é a melhor imagem refletida para o ocular do nosso coração.
E nos acalmar com o sorriso do ser amado?Ah, as vezes apenas esse sorriso é capaz de fazer com nosso surja...
Tão suave essas palavras!

Ps: Ambos fazemos comunicação, legal não é?


Milhões de beijos

Postar um comentário